Nesse verão, descubra como prevenir problemas em cães!


Não é nenhuma novidade que o fato do aumento da temperatura e da umidade durante o verão provoca problemas de saúde aos pets. O aumento da incidência de raios solares e a maior proliferação de ectoparasitas são fatores que levam ao aparecimento de doenças em cães. Pensando nisso, separamos algumas informações sobre problemas comuns em cães no verão e como preveni-los. Fique atento às dicas abaixo e saiba como cuidar do seu pet no verão!

Desidratação em cães:

Com o calor, os cães tendem a suar com mais intensidade. A perda de líquido e a não reposição pode fazer com que os cachorros desenvolvam um quadro de desidratação. Além de mau estar, a desidratação em cães provoca sintomas como vômitos, diarreia e dificuldade para respirar. Para evitar a desidratação, basta prestar atenção à quantidade de água que seu pet ingere em períodos de maior calor. O aconselhável é deixar sempre a água fresca em vasilhas em locais que o cão costuma frequentar.

Queimaduras em cães:

Passeios em momentos do dia mais quentes aumentam as chances de queimaduras em cães. No caso de cachorros com a pelagem mais curta, o risco de queimaduras é ainda maior. Nesse sentido, é imprescindível o uso de protetor solar para cachorros, principalmente nas orelhas e focinho. Esses produtos específicos para pets protegem contra os raios UV e impedem queimaduras cutâneas. A combinação de fotoprotetores a ativos com propriedades antioxidantes, como o Nano Vitamina E, protege a pele dos animais contra vários efeitos deletérios induzidos pela radiação, aumentando ainda mais a eficácia do produto.


Insolação em cães:

A insolação ou hipertermia canina pode ser resultado da exposição intensa e excessiva do cão ao sol em locais pouco arejados ou de atividade física em excesso durante o calor. Nos cães, a insolação provoca respiração ofegante, fraqueza e até diarreia. Quando não é devidamente controlada, a insolação pode evoluir para o quadro de hipertermia, pois o organismo do cão não consegue regular devidamente a sua temperatura corporal. Nesse caso, é mais do que necessário levar o seu cachorro ao veterinário para receber o tratamento adequado. Até esse momento, você deve mantê-lo em ambiente climatizado. Preste mais atenção a raças de cachorros de focinho achatado (como o Bulldogue) ou de focinhos densos (como o São Bernardo).


Problemas de pele:

As alergias e as infecções cutâneas também são mais frequentes no verão. Manter a pele e o pelo limpo é fundamental para prevenir este tipo de ocorrência. No entanto, os banhos em excesso podem causar desidratação da pele, aumentando a predisposição às alergias. O uso de produtos de banho a seco é uma ótima opção para manter seu pet limpo todos os dias. Sprays e espumas com Nano Coating, blend de ativos naturais com ação antimicrobiana e hidratante, formam uma barreira contra sujeiras e maus odores, protegendo a pele do animal e prolongando a limpeza.


Sendo assim, nesse verão, fique atento à saúde do seu pet e tome cuidado com as doenças de pele em cães. A desidratação, insolação e queimaduras são ameaças a saúde e qualidade de vida dos cachorros. Esses cuidados básicos ajudam a evitar esses problemas.


Para conhecer a linha completa de ativos da NanoScoping e saber quais os produtos ideais para o seu pet, acesso nosso catálogo clicando aqui!


#NanoCoating #Problemasemcãesnocalor #NanoVitaminaE #Cachorronoverão

0 visualização

+55 48 3012 4004

+55 48 9 9148 4004 (WhatsApp)

info@nanoscoping.com.br