Dermatite canina no calor – saiba o que é e como prevenir



A dermatite canina está entre os principais problemas que um cachorro pode sofrer. O ressecamento da pele dos cães pode ser causado por vários fatores, desde fungos e bactérias até estresse e umidade. No verão, o aumento da temperatura e umidade intensifica os casos de dermatite em cachorros. Por isso, é importante saber mais sobre a relação do calor com o ressecamento do pelo e da pele dos cães. Assim, será mais fácil evitar e, se necessário, tratar a dermatite canina.


Dermatite canina e o verão:


As altas temperaturas do verão podem ser prejudiciais para a saúde dos pets em geral. No caso dos cachorros, a umidade e a falta de ventilação promove o aparecimento de dermatites. Essa coceira inflamatória na pele faz com que o cão se morda, causando feridas, irritação e desconforto ao animal.


No caso dos animais com pelagem comprida, a probabilidade de aparecimento da dermatite é ainda maior. Para evitar isso, é imprescindível a escovação frequente e a secagem eficiente do pet. A escovação diária do pelo auxilia na remoção da sujeira, favorecendo a circulação sanguínea ao massagear a região, além de promover a sensação de bem-estar. O uso de xampus de banho à seco é uma boa opção para a limpeza rotineira do pet, pois além de auxiliar na manutenção da limpeza e hidratação do animal, também reduz odores desagradáveis.


Ao contrário do que se imagina, banhos frequentes durante o verão favorecem o aparecimento da dermatite em cachorros, pois provocam ressecamento. Como o pelo canino detém uma proteção natural que o isola do ambiente externo, banhos excessivos com aplicação de água e xampus impedem a regeneração natural dessa camada. Isso deixa o pelo e a pele ressecados, favorecendo o aparecimento da dermatite canina. Diante disso, é recomendável evitar os banhos em excesso e usar produtos que não agridam a pele do animal.


Xampus e condicionadores contendo ativos hidratantes, tais como óleos vegetais, vitaminas, emolientes, e ativos que aumentam a integridade da barreira cutânea são ideais para animais com problemas de dermatite. O uso de nanocápsulas à base de ativos hidratantes de origem natural é considerado uma ferramenta importante para a hidratação profunda da pele e do pelo do animal, contribuindo para a redução do prurido e melhora da pele atópica (clique aqui e conheça os ativos hidratantes nanoencapsulados que a NanoScoping disponibiliza para produtos de higiene e embelezamento veterinários!).


Portanto, não deixe de prestar atenção aos cuidados com seu pet no verão, pois a umidade excessiva, aumento da temperatura e proliferação de bactérias favorecem o ressecamento do pelo e da pele, provocando a dermatite canina. Embora seja uma doença de baixa gravidade, ela provoca muito desconforto aos cães e aos donos que se preocupam com o bem-estar de seu animal. Para evitá-la, o melhor é manter o pelo e a pele do cachorro bem hidratados. Tomando esses cuidados, a dermatite canina não será problema nesse verão!

#dermatiteemcachorros #cuidadoscomopetnoverão #comotratardermatiteemcachorros #dermatitecanina

#nanohydrate #nanovitaminas #nanocoating #nanoojon

33 visualizações

+55 48 3012 4004

+55 48 9 9148 4004 (WhatsApp)

info@nanoscoping.com.br